S. P. Q. R.

 

SENATVS POPVLVSQVE ROMANVS
Latim Jurídico

 

Fruto de mais de três décadas ao estudo e ensino da língua mãe, esta obra chega à 7ª edição, circulando com sucesso em vários estados da Federação.

São capítulos variados e interessantes como O Direito Romano, A Arte do Orador (Ave, Cicero!) com ênfase nas Catilinárias, o Perfil de César, O Discurso de Brutus no Funeral de César, A Sentença de Cristo, monumentos indispensáveis ao saber universal, dificilmente disponível num mesmo livro, além de cerca de 450 expressões e alforismos.

Formato 15,5cm x 23cm
144 páginas
R$ 45,00 + Frete

PREFÁCIO

 

VIM, VI E VENCI

 

" Por uma refor­ma adul­te­ri­na pro­ce­di­da na edu­ca­ção bra­si­lei­ra, cujo men­tor de bes­tun­to tão estrei­to escu­so-me de refe­rir, foi o ensi­no da Língua e Literatura Latina pros­cri­to dos cur­ri­cu­la do anti­go Curso Ginasial, fato repre­sen­ta­ti­vo de incal­cu­lá­vel pre­juí­zo ao culto, cul­ti­vo e apri­mo­ra­men­to da últi­ma flor roma­na de Bilac.
    Língua-mãe tam­bém de ­vários ­outros códi­gos glos­so­ló­gi­cos - lín­guas, idio­le­tos e ­patois -, deri­va do Latim a maior parte das for­ma­ções voca­bu­la­res do Português e das men­cio­na­das ­ordens lin­guís­ti­cas, moti­vo por que o estu­do, enten­di­men­to e dia­cro­nia do nosso idio­ma tem como fonte ine­xau­rí­vel as sis­te­ma­ti­za­ções româ­ni­cas, ora ofi­cial­men­te ina­ces­sí­veis à massa, por­quan­to bani­da das esco­las como maté­ria basi­lar.
    Há, con­tu­do, no Brasil ­alguns dos seus dis­cí­pu­los que não aca­ta­ram a espú­ria deter­mi­na­ção e emba­tem-se diu­tur­na­men­te pelo retor­no do Latim às gra­des cur­ri­cu­la­res dos esta­be­le­ci­men­tos, no entan­to, até agora sem res­so­nân­cia nas oiti­vas mou­cas das auto­ri­da­des de ins­tru­ção do País.
    Um des­ses pou­cos - o que conhe­ço e de cuja ami­za­de me ufano de pri­var - é o Prof. Antônio Carlos Campolina, filho do mes­tre ubaen­se José Dias Campolina, colu­na de reti­dão e de sabe­do­ria e que tem no reben­to, cuja ­pátria tam­bém é Ubá-MG, o con­ti­nua­dor de sua obra de lente do Latim, em  São Paulo, em Minas Gerais e ­em alguns esta­dos do Nordeste.
    Qual o últi­mo aben­cer­ra­ge de Chateaubriand, Campolina se larga da sua BH por Minas Gerais intei­ra, pelo Ceará e Piauí, pro­cu­ran­do com os raros cur­sos que monta sen­si­bi­li­zar, atra­vés de con­ta­tos pes­soais após lon­guís­si­mos chás de cadei­ra, e via impren­sa, as "auto­ri­da­des" a rein­tro­du­zi­rem a maté­ria nas esco­las, num mou­ris­co tra­ba­lho apos­to­lar em favor de de uma lín­gua que ­jamais mor­reu.
    Somente ele sabe as neces­si­da­des que passou, as eva­si­vas e gros­se­rias que ouviu, os par­cos dinhei­ri­nhos que às vezes nem rece­beu, o sofri­men­to, enfim, em favor de uma dis­ci­pli­na abso­lu­ta­men­te neces­sá­ria como pro­pe­dêu­ti­ca das maté­rias de Língua, Literatura e Cultura bra­si­lei­ra e por­tu­gue­sa.
    Pelo que de útil e agra­dá­vel apre­sen­ta, o tra­ba­lho do pro­fes­sor Antônio Carlos Campolina - S.P.Q.R. Latim Jurídico - um livro recomendado pela OAB-MG - chega ao leitor numa nova edição, comprovando o alcan­ce admi­rá­vel que a obra repre­sen­ta para as pes­soas ávi­das pelo estu­do do Latim em todo o Brasil. 
    O livro S.P.Q.R. - Latim Jurídico, representa a exte­rio­ri­za­ção da sua pele­ja, na queda de braço desi­gual; porém, na cer­te­za de um dia atra­ves­sar o Rubicão, ele já pode dizer, como Júlio César, Alea jacta est. E depois a Farnaces II, rei do ponto, perto de Zela, no ano 47: veni, vidi, vici.
    Já veio, viu e haverá de vencer - é o que todos os seus ami­gos, ex-alunos e admi­ra­do­res espe­ra­mos.

 

Vianney Mesquita
Escritor e Jornalista
Professor da Universidade Federal do Ceará
Membro da Academia Cearense da Língua Portuguesa

IVS SCRIPTVM

 

A obra apresenta mais de mil e duzentos aforismos, expressões, máximas, lemas e ditos. A maioria dessas citações remonta ao Império Romano, herança milenar, imprescindíveis aos operadores de Direito.

 

NULLA RES MAIUS TEMPORE ROBUR HABET

Nenhuma coisa tem maior força que o tempo

 

Formato 10,5cm x 15 cm
112 páginas
R$ 30,00 + Frete

PREFÁCIO

 

Antônio, o latinista. Antônio Carlos Campolina, ubaense, já nasceu latinista. Ainda no berço, na poética e musical Ubá, embalaram-no as lições do pai, emérito, abnegado  e insaciável cultor do Latim e da “... Última flor do Lácio inculta e bela...”.

           

Afortunado, como se não lhe bastasse o fulgor da inteligência paterna, recolheu, com mãos sacrossantas, as lições sempre magistrais e instigantes da professora Ângela Vaz Leão, simbologia do magistério brasileiro.

           

Há anos, o conheci a caminho do Norte de Minas, a serviço da PUC-MG. Desde então, colho, neste celeiro inesgotável, raras lições sobre a língua e a cultura greco-romana. Raríssimas. Não há nele, no entanto, ambição e vaidade. Nenhum desejo de glória ou de louvor. Cresce e floresce porque, a exemplo das cataleias amazônicas, nasceu predestinado. Para luzir, para encantar, para iluminar.

           

Mestre Campolina publicou, anos atrás, S.P.Q.R. – LATIM JURÍDICO. Obra exemplar. Profunda, sem qualquer laivo de eruditismo. Verdadeiro monumento didático-pedagógico no qual marulha o rio caudaloso do seu patrimônio cultural.           

          

Incansável trabalhador da pena, lança agora, à fome intelectual desse país, IVS SCRIPTVM. Li, reli e muitas vezes hei de relê-lo. Acompanhei-o desde os primeiros soluços. São numerosas lições que edificou e arquitetou ao longo de intenso labor. Fruto da paciência e da renúncia, planta entre nós o trigo de ouro do pensamento romano. Entrega-nos sábios e prudentes axiomas, provérbios e ditos providenciais que trazem o cheiro e o frescor de uma civilização magistral.

           

Que os sinos rebentem em aleluia, aleluia. Que repiquem festivos e latinos toques, saudando IVS SCRIPTVM, o novo livro de Antônio. De Antônio Carlos Campolina, o Caixeiro-Viajante do idioma-mãe.

 

Aleluia, aleluia!

 

 

Marco Antônio Vilela de Oliveira

Escritor e professor

Obras recomendadas pela

CONTATO

Para adquirir as obras ou pedir informações, entre em contato conosco no seguinte e-mail: contato@latimjuridico.com.br

Fones: (31) 99291-5888 (Prof. Campolina) / (31) 2528.9236 (Mara Jácome)